Candidato César Vieira apresenta suas propostas a Casa do Empresário

A Casa do Empresário, representante do setor empresarial de Viçosa, enviou um ofício aos candidatos à Prefeitura de Viçosa para ouvir suas propostas, especialmente as voltadas ao classe empresarial. O documento foi encaminhado aos 9 postulantes ao cargo executivo  com perguntas referentes a áreas de saúde, educação, economia e geração de empregos. 

Confira as respostas enviadas pela candidato a Prefeito, César Vieira (PROS), e veja os principais planos para a gestão. 

1. Inicialmente, gostaríamos de saber quais são os planos e projetos para contribuir com o desenvolvimento econômico de Viçosa?

Pretendo fazer uma mesa redonda, ouvir os anseios do empresariado local e daí tomar os rumos que forem deliberados juntamente com eles. Quanto aos planos e projetos, entendo que após definirmos para onde queremos ir, poderemos tomar rumos mais acertados. Porém, no meu entendimento hoje, e dentro do escopo em que se vem desenhando o futuro de nosso país, entendo que Viçosa tem uma vocação de base tecnológica. Esta vocação no meu entender pode ser potencializada com incentivos aos nossos empresários no que tange a abertura de um parque tecnológico municipal, estruturado, voltado a tecnologia da informação, utilizando de uma parceria público privada municipal e em parceria com o já instalado parque tecnológico da UFV.

Desta forma, Viçosa daria um grande passo em sua transformação, deixando de ser uma cidade extremamente dependente da UFV. Com isto, criaríamos um novo viés vocacional para nossa cidade, aprimorando a nossa mão de obra através do sistema S e com isso gerando mais emprego e aumentando significativamente a renda das pessoas e para o município.

2. Atentos ao atual contexto, quais as ações imediatas serão tomadas para reduzir os impactos da pandemia, focando principalmente na retomada econômica e na geração de empregos?

Com relação a retomada da economia e a geração de empregos e da renda, penso ter respondido parte desta pergunta na pergunta anterior. Acredito que se o empresariado entender por seguirmos este caminho, ou seja, criarmos um outro viés que pode ser este o tecnológico, nos tornaremos mais fortes, pois que a nossa cidade já é a segunda cidade mais conectada do Estado de Minas Gerais. Ademais, temos uma tecnologia de ponta gerada pela academia da UFV, o que nos possibilita um alcance nacional e internacional.

Quero ressaltar que neste momento, as ações globais apontam para a área em questão, ou seja Inovação Tecnológica. Estamos falando da revolução 4.0, que significa A nova revolução Industrial, ou seja, automação a partir de sistemas que combinam máquinas com processos digitais. Desta forma, com a utilização da tecnologia, abriremos mais oportunidade de empregos, abriremos mais espaço para o aprimoramento de uma mão de obra qualificada, podendo assim absorver grande parte desta mão de obra para o crescimento da nossa cidade.

3. Qual a sua posição com relação ao último Plano Diretor apresentado à Câmara Municipal e ao que está sendo elaborado?

Quanto ao Plano Diretor, quero me posicionar da seguinte forma.

Toda cidade deve ter o seu, aliás é uma lei que rege a implantação do plano diretor. Estamos a 20 anos sem um plano diretor. Isto significa que não sabemos para onde queremos ir e tampouco, onde queremos chegar. O plano diretor é um fator de orientação para os rumos do município de de seus munícipes.

Desta forma, entendo ser o mesmo premente. Entendo também, ser necessário um esforço no sentido de ouvir a coletividade, pois que Viçosa cresce a passos largos e desta forma, o plano que foi elaborado no passado próximo, talvez não atenda mais os anseios desta coletividade, principalmente depois do COVID 19. Na minha opinião, temos que começar o estudo de um novo plano diretor com a participação popular e empresarial, unindo esforços para um novo rumo.

4. Para você, como é possível equilibrar os três pilares do desenvolvimento sustentável: social, econômico e ambiental?

Exatamente. É difícil conciliar todos esses interesses. Viçosa, tem uma característica muito importante, ela tem dentro de casa uma instituição das mais renomadas do Brasil e do mundo. A UFV é uma grande parceira. Entendo que na nossa gestão seremos mais presentes nos diálogos com a academia, pois a academia produz a ciência e nós a empregamos. Desta forma, vejo como um fator muito positivo uma maior e melhor aproximação com a UFV, no que tange a equilibrar estes três pilares do desenvolvimento.

A academia é o lugar perfeito para nos amparar em nossas decisões no que tange a atender o desafio do social, do econômico e do ambiental. Afinal, temos tudo isto no nosso quintal e o fato de uma melhor e maior aproximação com a UFV, nos permitirá trazer ótimos resultados no nosso desenvolvimento conjunto.

5. Todos sabemos que os problemas com a saúde (em sua grande maioria), estão ligados à falta de saneamento básico e esgoto. Nesse sentido, qual o plano para que tenhamos uma cidade com esses direitos resolvidos, melhorando à saúde para nossa população?

Neste tópico, falamos de infraestrutura. Pois bem, precisamos agir rapidamente. Há uma necessidade premente no que tange a questão do saneamento básico e do esgoto. Sempre voltado para o interesse público coletivo, e alinhado com os governos, Estadual e Federal, buscaremos recursos para que façamos um mutirão no sentido de dar uma maior e melhor qualidade de vida à nossa população. É necessário lembrar que recursos não faltam, o que faltam são os projetos e o acompanhamento dos mesmos. 

Desta forma, teremos uma equipe especializada na realização de projetos e no seu acompanhamento junto aos órgãos competentes. Desta forma, entendo que conseguiremos atender aos anseios da população que vem sofrendo com a falta de saneamento básico e esgoto.

6. Viçosa como uma cidade polo na região e, agora fortalecida com os cursos na área de saúde, qual o plano de governo para que o nosso município se torne referência na área de saúde?

Sim. Viçosa se fortalece dia a dia com a entrada de novos cursos, principalmente na área médica. Porém, não devemos esquecer que a própria medicina, passa também por um momento em que tem rever os seus conceitos. Hoje as perícias médicas já podem ser realizadas à distância. Quero com isto dizer que a própria medicina está passando também por uma revolução. A medicina terá que se adaptar a uma nova realidade que é a tecnologia. A revolução tecnológica está presente em todos os setores de nossa economia. O que devemos de fato fazer, é dar suporte tecnológico à medicina para que ela floresça no nosso Município e aí sim, somados estes esforços teremos a nossa medicina como referência tecnológica na região.

7. Viçosa é uma cidade reconhecida por ser uma referência em educação e ensino. Diante desse contexto, quais os planos para minimizar os impactos causados pela pandemia que trouxe mudanças significativas o sistema de ensino?

Este também é um tema muito importante e que envolve diretamente a utilização da inovação tecnológica. Vejamos que a revolução 4.0, atua em todos os setores da economia. Acredito que na educação não seja distinta, com cursos a distância e plataformas digitais, temos um novo marco. Os planos que temos com relação à educação são no sentido de nos adaptarmos a uma nova realidade nesta nova conjuntura. Buscaremos soluções alternativas de forma a minimizar este impacto, sempre ouvindo os interesses da coletividade.

8. Quais as propostas voltadas para a profissionalização de jovens para que eles tenham mais oportunidades de emprego em nossa cidade?

Para a juventude que já adora a inovação tecnológica, será um prato cheio, pois estes serão os mais prestigiados. Utilizando do sistema S traremos cursos profissionalizantes para a juventude de forma que possam ingressar no mercado de trabalho quase que imediatamente. Desta forma, poderemos manter os nossos jovens no trabalho e perto de suas famílias. Ressalto que não será mais necessário que saiam de nossa cidade em busca de melhores oportunidades. As oportunidades estão aqui. Viçosa é e sempre será uma cidade de ouro. Desta forma, faremos parcerias com empresas voltadas a área da tecnologia e exportaremos tecnologia para o mundo. Seremos uma referência na inovação tecnológica. Grandes oportunidades surgirão para o campo da inovação tecnológica. Em se tratando de inovação, Viçosa está no olho do furacão.

 

Comentários

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *


2021 © Casa do Empresário de Viçosa | Desenvolvido por: Interminas