O que é Varejo sem Atrito?

Valorizar a experiência do cliente e entendê-la como uma prioridade têm sido um dos maiores focos de lojistas e empresários em todo o mundo. Dar ao cliente o melhor de sua loja, de seus serviços e de seu atendimento, é a chave para garantir que os clientes sempre voltem e você, garanta cada vez mais vendas e destaque. Tudo isso tem sido pensado, principalmente nos últimos meses, por conta da personalização cada vez maior do mercado. Toda essa experiência é feita a partir de várias práticas diferentes, e hoje, você vai conhecer uma delas: o Varejo sem Atrito (Varejo Frictionless).

E o que é o Varejo sem Atrito? É aquele que oferece uma boa experiência de compra ao consumidor, seja ela de produtos ou serviços. O significado disso se dá com uma experiência sem qualquer empecilho ou dificuldade. Além disso, é ideal que o atendimento, seja sempre muito eficiente e o mais agradável ao consumidor, dentro de suas preferências. Tudo isso pensado para criar uma jornada prática, rápida e fluida.

E por que você deveria aderir à prática? Com os serviços online, dentre compras e atendimentos diversos, o consumidor tem ficado cada vez mais exigente e acostumado a ter um serviço prático e direto. Esse “novo consumidor”, que tem se formado muito por suas experiências na internet, prefere por um serviço que facilite e agilize ações do cotidiano. Evitar empecilhos e surpresas inesperadas devem ser evitadas a qualquer custo!

E finalmente, o que são esses atritos? Não basta saber da teoria, a prática precisa ser uma prioridade para que a efetivação dessa ideia aconteça! Os atritos, no geral, costumam ser aqueles problemas que irritam e tornam a experiência de compra desgastante ou incômoda. E quais são eles? Dificuldade com o atendimento - não responder aos chamados e mensagens, não ser direto com informações importantes e não criar conexão com os clientes. Dificuldades no pagamento - ter poucas opções, demorar para aprovar uma compra e problemas para finalizar compras são os exemplos mais comuns. Filas muito grandes e grandes aglomerações podem ser um problema para quem está no local presencialmente.

No mais, é importante lembrar que, elevar o cliente
à sua experiência mais fluida e útil, deve ser sempre prioridade para o comerciante. Trate o seu cliente como o indivíduo que ele é. Suas preferências e suas vontades devem ser sempre levadas em conta, para que a experiência seja uma narrativa satisfatória e de qualidade.

Comentários

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *


2021 © Casa do Empresário de Viçosa | Desenvolvido por: Interminas