Presidentes das CDL mineiras se reúnem com Governador de Minas e cobram ações efetivas de apoio às atividades econômicas

O presidente da Casa do Empresário de Viçosa, Julismar Marques, participou, juntamente a outros presidentes de CDLs mineiras, de uma reunião nesta quarta-feira, dia 29 de março, com o governador, Romeu Zema, o secretário de saúde estadual, Fábio Bacheretti, e o secretário-adjunto de desenvolvimento econômico, Fernando Passalio. O momento foi solicitado pela FCDL-MG e pela Federaminas, tendo seus presidentes Frank Sinatra e Valmir Rodrigues, respectivamente, presentes na reunião.

O encontro ocorreu como forma de ecoar a voz dos empreendedores mineiros, que vem sofrendo grandes consequências em decorrência da pandemia da Covid-19 e seus desdobramentos, que afetam diretamente o setor empresarial.

Após um breve resumo da situação do sistema de saúde mineiro, os presidentes das CDLs tiveram um momento para relatar a situação vivenciada em suas respectivas cidades. Entre eles também se pronunciou Julismar, que destacou as dificuldades que os empresários viçosenses vêm enfrentando, com o decreto da Onda Roxa no município.

Em relação aos serviços essenciais e não essenciais, foi destacado pelos presidentes o descontentamento com essa classificação e o pedido de reavaliação do conceito, frisando a importância de todo o comércio, destacando o fato dos estabelecimentos seguirem todas as regras de restrição. Como resposta ao questionamento, o secretário de desenvolvimento destacou ser avaliado por um comitê executivo e levando em conta todas as considerações apresentadas pelos órgãos participantes e a equipe técnica das secretarias.

Relatou ainda estar aberto ao diálogo e as contribuições sobre analise de seguimentos a serem considerados essenciais. Alegou que irá submeter ao comitê ofícios que forem encaminhados a secretaria sobre a pauta.

Além disso, foi questionado os resultados do fechamento do comércio em relação a diminuição do número de casos. Entretanto, sobre o assunto, o governador destacou ser um momento complexo, onde medidas drásticas são necessárias, incluindo as determinações da Onda Roxa, mas lamentou a situação dos empresários impactados.

A reunião se encerrou com a promessa de que as demais perguntas que não foram sanadas durante a sessão, serão respondidas via ofício, encaminhado em breve pelas secretarias do estado.

O encontro foi uma das medidas tomadas para buscar a melhor forma de representar os empresários de todo o Estado diante do poder público e salientar a situação complicada que enfrentam diariamente.

Comentários

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *


2021 © Casa do Empresário de Viçosa | Desenvolvido por: Interminas