Viçosa irá seguir orientações da microrregião e adotará onda amarela

Aconteceu nesta segunda-feira, 7 de junho, a reunião do Comitê de Operações de Emergência em Saúde (COES Viçosa), com o intuito de avaliar e discutir a atual situação do município em relação a pandemia da Covid-19. O vice-presidente da Casa do Empresário, Franklin Abreu, esteve presente representando a instituição.

Após apresentação de dados por parte do departamento de saúde em relação aos índices de infecção e ocupação de leitos na cidade, foi discutido pelos membros do comitê a deliberação do Plano Minas Consciente, que determinou Onda Vermelha para algumas macrorregiões do estado.

A determinação suspende o funcionamento de academias e salões de beleza, além de reduzir o horário de funcionamento de bares e restaurantes para até às 19:00. Franklin expressou descontentamento com esta possibilidade, afirmando ser injusto com os estabelecimentos locais que já enfrentam dificuldades econômicas em decorrência dos longos períodos de fechamento anteriores.

Destacou ainda ser lamentável o fato de alguns munícipios vizinhos estarem operando com restrições mais brandas, o que prejudica o comércio de Viçosa. Diante disso, com apoio de demais membros do COES, solicitou que fossem avaliadas outras opções, que garantissem a saúde e segurança de todos, para serem adotadas no momento.

Foi apresentada como solução, a possibilidade de a cidade seguir as orientações da microrregião que, atualmente, se enquadra na onda amarela. Após votação unânime, os membros optaram pela migração da macrorregião para a microrregião, permitindo que os salões, academias, restaurantes e demais estabelecimentos sigam funcionando de acordo com as restrições prevista na categoria onda amarela.

O vice-presidente da Casa agradeceu o voto de confiança concedido aos empresários, atitude de extrema importância diante do momento difícil que enfrentamos. Entretanto, ressaltou a importância da colaboração de todos, seguindo as normas de restrições e exercendo os cuidados necessários, para a manutenção do funcionamento do comércio.

Nossa instituição segue buscando representar seus associados de forma convicta e permanece na luta para manter o comércio aberto, compreendendo a sua importância na economia da cidade e no sustento de boa parte da população.

Comentários

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *


2021 © Casa do Empresário de Viçosa | Desenvolvido por: Interminas